Servicios en comunicación Intercultural

Brasil: Organizações e Povos Indígenas da Amazônia realizam assembléia geral no Maranhão

coiab_franja

Brasil, 17 julio 2009.- Cerca de 800 lideranças indígenas de 100 povos de toda Amazônia Brasileira participarão da IX Assembléia Geral da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), que acontece entre os dias 20 e 25 de julho, no Município de Montes Altos, na aldeia São José - Terra Indígena Krikati no Estado do Maranhão.

O encontro tem como objetivo principal deliberar sobre a proposta de avaliação do movimento indígena amazônico, revisão e aprovação do estatuto, eleição dos novos coordenadores e, ainda, a discussão da conjuntura política indígena, direitos humanos, impacto de projetos nas terras indígenas e mudanças climáticas, dentre outros.

Na Assembléia também serão comemorados 20 anos de atuação da COIAB na Amazônia, com apresentação de danças, cantos e tradições dos povos indígenas presentes.

Os participantes são representantes de organizações indígenas que compõem a base política da COIAB nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

A atividade também terá a participação de lideranças indígenas de países como Peru, Bolívia, Ecuardor, Colômbia e Suriname, além de convidados de organizações governamentais e de Cooperação.

Os coordenadores das organizações indígenas regionais que compõem a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) também confirmaram presença no encontro.

Além da COIAB, fazem parte da APIB a Articulação dos Povos Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (APOINME), Articulação dos Povos Indígenas do Sul (ARPINSUL), Articulação dos Povos Indígenas do Pantanal e região (ARPIPAN), Aty Guaçu (Grande Assembléia do Povo Guarani Kaiowa) e Articulação dos Povos Indígenas do Sudeste (ARPINSUDESTE).

A mobilização em grupos, redes e articulações que atualmente englobam uma parcela representativa da grande diversidade de povos indígenas de nosso país, também terá destaque na assembléia, como um marco que tem dado importante visibilidade a questão indígena.

Na ocasião, várias lideranças serão homenageadas por sua atuação dentro do movimento indígena amazônico.

"A escolha do Estado do Maranhão para sediar a Assembléia representa um gesto de fortalecimento à s lutas dos povos indígenas da Amazônia Oriental, que sofrem com grandes impactos em suas terras e tem seus direitos freqüentemente violados", diz Jecinaldo Sateré Mawé, coordenador geral da Coiab.

Para Jecinaldo Sateré Mawé, coordenador da COIAB, a realização da assembléia na Terra Indígena Krikati, consolida uma nova fase na luta da organização em defesa dos direitos dos Povos Indígenas da Amazônia junto a suas bases.

"Os 20 anos de luta da COIAB em prol da Amazônia tem resultados positivos nas discussões de políticas públicas que envolvem as populações indígenas. Estes avanços, a partir de agora, vão se fortalecer ainda mais, readequando-se aos novos desafios e a um novo patamar de lutas e conquistas", afirma Marcos Apurinã, vice coordenador da Coiab.

A assembléia é organizada pela COIAB com articulação da COAPIMA (Coordenação das Organizações e Articulações dos Povos Indígenas do Maranhão).

----

Fuente y Maiores informações:

COAPIMA - João Batista (99) 8127-7365

COIAB - Délio Alves (92) 8166-5644 / (92) 3621-7501

Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) - Gustavo Macedo (61) 81007361

Tags relacionados: 
Valoración: 
0
Sin votos (todavía)

Añadir nuevo comentario